Logo Sammy free
26 Jan 2024

Seguros de caução: exemplos reais e utilidade

ejemplo seguro de caución

En este post hablamos de...

No complexo mundo empresarial, o seguro de caução é uma ferramenta que oferece proteção, tanto a empresas como a particulares, fornecendo uma garantia técnica que respalda o cumprimento de obrigações contratuais, substituindo perfeitamente o tradicional aval bancário.

Seja no âmbito da construção, na prestação de serviços ou em qualquer outra atividade, desempenha um papel fundamental ao oferecer segurança financeira e garantir que as partes envolvidas cumpram os seus compromissos.

O seguro de caução facilita a concretização de projetos, fortalece a confiança entre as partes e atua como um catalisador para o crescimento empresarial. Além disso, é um instrumento que se adapta a diferentes contextos, desde pequenas transações comerciais até grandes projetos de infraestrutura.

Neste artigo, vamos aprofundar detalhes sobre as vantagens, usos, objetivos e alguns exemplos reais do seguro de caução.

O que é o seguro de caução?

Também denominado seguro de garantia, constitui um instrumento financeiro através do qual uma entidade seguradora assume o compromisso de indemnizar o beneficiário quando o tomador do seguro não cumpre as suas obrigações legais ou contratuais.

Esta dinâmica estabelece uma relação triangular entre três atores principais: o segurador, representado por uma companhia de seguros de caução; o tomador do seguro, que poderia ser uma entidade ou empresa; e o beneficiário, que neste exemplo poderia ser uma entidade pública que contratou os serviços do tomador.

Este tipo de seguro torna-se uma ferramenta estratégica quando uma das partes envolvidas num contrato, seja uma entidade pública ou privada, exige que a contraparte forneça uma garantia para respaldar o cumprimento das suas obrigações.

Vantagens do seguro de caução

Ao contrário do aval bancário, a preservação da capacidade creditícia é uma das maiores vantagens do seguro de caução, já que este não gera risco na Central de Informação de Riscos do Banco de Espanha (CIRBE), facilitando o acesso da empresa ao financiamento sem restrições adicionais.

É importante destacar que o seguro de caução não afeta a CIRBE. No entanto, caso substitua um aval bancário, diminuiria. Isso não apenas favorece o acesso a um maior financiamento, mas também influencia a classificação de risco, determinando, além do montante a ser financiado, as taxas associadas.

Outras vantagens notáveis do seguro de caução incluem:

  • Não implica a penhora de fundos: Ao contrário da obtenção de avales bancários, o seguro de caução não envolve a imobilização de fundos nem bloqueia saldos bancários, preservando assim a liquidez da empresa.
  • Liberdade de contratação: Contrariamente a outras formas de garantia, o seguro de caução não obriga a empresa a contratar ou vincular-se a serviços adicionais, proporcionando flexibilidade na gestão dos seus recursos e relações financeiras.
  • Ampliação da participação em concursos públicos: Ao ter outro instrumento financeiro para concorrer, ampliam-se as possibilidades de participar em múltiplas licitações públicas simultaneamente.

Quem beneficia do seguro de caução?

Neste ponto, talvez não esteja claro se contratar um seguro de caução beneficia a si ou à contraparte, por isso é fundamental explicar que a função essencial desta garantia é proteger o beneficiário contra possíveis incumprimentos por parte do tomador do seguro, no âmbito de um contrato previamente acordado entre ambas as partes.

No caso de o tomador não cumprir as suas obrigações legais ou contratuais, o segurador compromete-se a indemnizar o beneficiário, garantindo assim a continuidade e a integridade do projeto ou transação.

seguros de caución ejemplos

Por que é necessário contratar um seguro de caução?

Se ainda está a perguntar-se se deve ou não contratar um seguro de caução, é importante saber que é uma ferramenta valiosa que contribui para a estabilidade e competitividade das organizações no ambiente empresarial.

Objetivos-chave do seguro de caução

O seguro de caução visa vários objetivos-chave, para além do que foi abordado neste artigo, de assegurar os acordos entre as partes envolvidas para que ninguém saia prejudicado, incluindo uma possível indemnização por incumprimento:

  • Permite que as empresas acedam ao financiamento sem restrições adicionais.
  • Ajuda a mitigar os riscos financeiros associados a projetos e transações.
  • Contribui para manter a liquidez da empresa, permitindo-lhe operar de forma mais eficiente e responder a oportunidades de negócio de forma ágil.
  • Permite simplificar os processos administrativos e reduzir a carga burocrática associada à obtenção de garantias.

Casos em que se aplica um seguro de caução

A aplicação de um seguro de caução estende-se por diferentes áreas, gerando uma série de possibilidades que impactam positivamente na gestão de riscos e na segurança contratual.

Por setores:

No âmbito dos concursos públicos, o seguro de caução aplica-se na construção, segurança privada, limpeza, catering, recolha e gestão de resíduos públicos, aviação, salvamento marítimo, bem como nos setores da saúde e farmacêutico.

Também abrange as concessões administrativas, desde parques de estacionamento até autoestradas e zonas portuárias, enquanto a obtenção de licenças de atividade em setores como segurança privada, empresas de trabalho temporário, empresas de jogo (presenciais ou online) e agências de viagens é reforçada pelo apoio de um seguro de caução.

No setor ambiental, o seguro de caução aplica-se nas garantias de reposição ambiental que estabelecem o depósito de uma garantia financeira para indemnizar possíveis danos ao meio ambiente em atividades como mineração, pedreiras, reciclagem, instalações energéticas, químicas, cimenteiras… Além disso, o seguro de caução aplica-se nas garantias de desmantelamento (muito utilizado ultimamente em centrais de energia fotovoltaica e eólica), garantindo que, uma vez terminada a vida útil da central de energia renovável, se restituam os terrenos ao seu estado inicial.

No setor das energias renováveis, abrange desde leilões públicos até pontos de ligação à rede e acordos de compra e venda de energia (PPAs).

Outros cenários de aplicação incluem o adiamento de impostos e processos judiciais.

Garantias entre privados:

Para além dos casos expostos de contratos públicos, uma entidade privada pode estabelecer condições específicas para a aceitação do seguro de caução, tais como a classificação de crédito da seguradora por agências reconhecidas ou a localização da sede da seguradora no país correspondente.

Conteúdo recomendado: Tipos de seguros de caução

Utilidades do seguro de caução

O seguro de caução permite demonstrar capacidade financeira e compromisso contratual. Além disso, facilita a obtenção de concessões para projetos como parques de estacionamento, autoestradas e zonas portuárias.

Outra utilidade é que simplifica o processo de obtenção de licenças de atividade ao oferecer uma garantia de cumprimento das obrigações legais e contratuais associadas à atividade.

Por outro lado, oferece uma alternativa para gerir o adiamento de impostos, fornecendo segurança financeira às empresas.

Seguros de caução, exemplos reais

Para tornar toda a explicação teórica que demos neste artigo mais gráfica, vamos falar agora de casos reais que não apenas ilustram a versatilidade do seguro de caução, mas também destacam o seu papel fundamental em diversas indústrias e setores económicos.

Por exemplo, uma empresa espanhola especializada na construção de pontes e estradas foi adjudicada com um contrato para a construção de uma autoestrada em Itália. Com a necessidade de garantir a correta execução do projeto, foi exigida uma garantia de boa execução. Optaram por um seguro de caução, permitindo-lhes obter a garantia a partir de Espanha e apresentá-la às autoridades italianas. Isso agilizou o processo e evitou a necessidade de estabelecer uma entidade financeira local, facilitando a operação.

Outro exemplo é o de uma empresa francesa que se lançou num projeto de desenvolvimento imobiliário em Paris. Para garantir aos compradores a conclusão bem-sucedida do projeto, foi exigida uma garantia de caução. A empresa, consciente das vantagens do seguro de caução em termos de flexibilidade e rapidez, optou por essa abordagem. Isso não apenas facilitou a obtenção da garantia, mas também permitiu à empresa manter sua agilidade financeira para outros investimentos.

5 exemplos práticos em concursos públicos

Para continuar com os exemplos, enumeramos 5 que se aplicam em concursos públicos:

  • Construção de infraestruturas rodoviárias
  • Projetos de desenvolvimento urbano
  • Construção de escolas e instalações desportivas municipais
  • Projetos de energias renováveis
  • Serviços de manutenção e limpeza em espaços públicos  

Continua a ler: Usos e aplicações do seguro de caução: uma garantia multissetorial

Contratar um seguro de caução com a Sammy Free

Contratar um seguro de caução com a Sammy Free oferece uma série de vantagens e benefícios que tornam a escolha uma opção inteligente e estratégica. Entendemos a importância do tempo no mundo empresarial e comprometemo-nos a fornecer soluções de forma eficiente para cumprir os prazos dos seus projetos.

Além disso, adaptamos as nossas apólices às necessidades específicas do seu projeto, personalizando a cobertura de acordo com os requisitos do contrato e as expectativas do beneficiário. Com uma equipa de especialistas em seguros de caução, na Sammy Free oferecemos um conhecimento profundo do mercado e das suas dinâmicas.

Único bróker que gestiona garantías en 30 países europeos